Entenda a diferença entre CBD e THC

Para falarmos sobre a diferença entre CBD e THC é necessário compreender que a cannabis é uma planta que possui diversas substâncias químicas ativas com propriedades medicinais, como os flavonóides, os terpenos e principalmente os chamados de canabinóides.

Dentre os mais conhecidos para fins medicinais estão o canabidiol (CBD) e o tetraidrocanabinol (THC) que interagem com o sistema endocanabinoide do nosso corpo, regulando o nosso organismo. Ambos têm a mesma estrutura química, a diferença é como os átomos são organizados.

O THC é o principal componente encontrado em todas as partes da planta, especialmente nas flores e resinas. Ele é responsável pela sensação de euforia associada ao uso da planta. Ativa os receptores canabinoides tipo 1 (CB1), localizados principalmente no sistema nervoso central e também ativa os receptores canabinoides tipo 2 (CB2), que têm relação direta com o sistema imunológico.

Já o CBD, por outro lado, não apresenta o mesmo perfil de interação com estes receptores. Estudos apontam que sua afinidade pelos receptores canabinoides é baixa, podendo se comportar como o que chamamos de modulador alostérico negativo do receptor CB1. Isso significa dizer que além de não provocar os conhecidos efeitos relacionados ao uso adulto da planta, o CBD ainda modula os efeitos do THC.

Vale dizer, o THC é geralmente usado para tratar dores, náuseas, apnéia do sono ou distúrbios de estresse, bem como para combater os sintomas ou efeitos colaterais da quimioterapia, esclerose múltipla, glaucoma e danos à coluna vertebral. Em contraste, o CBD é muito usado para tratar inflamação, estresse, depressão e ansiedade.


Vamos começar
O tratamento?

Agendar consulta

Quer receber as novidade sobre a UIDi?
Cadastre-se

    Tire suas dúvidas
    (11) 5197-4020