A cannabis medicinal é uma grande aliada na saúde das mulheres

Ter tempo para os filhos e marido, uma carreira profissional de sucesso, amigos, uma casa sempre arrumada, comida nova e roupa lavada todos os dias faz parte da rotina de muitas mulheres. Uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou que as mulheres realizam serviços domésticos durante 18,5 horas por semana, em comparação com 10,3 horas semanais gastas pelos homens. Isso tudo antes do cenário da pandemia, ou seja, hoje em dia a carga de atividades de casa é bem maior.

Não é novidade que as múltiplas funções da mulher e a falta de tempo para cuidar da saúde fazem com que aumente o número de diversas doenças como câncer de mama, depressão, endometriose e câncer de colo de útero. Diante dessa realidade muitas mulheres estão recorrendo ao tratamento com cannabis pelas suas propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e relaxantes da planta. Já existem evidências científicas que comprovam os benefícios terapêuticos também nas condições pélvicas, no prazer sexual e dores causadas pelo período menstrual.

O que você está fazendo para cuidar da sua saúde?

Apesar da maioria das mulheres terem um ginecologista como seu clínico geral, as doenças que mais afetam a população feminina, conforme mostram os dados da OMS, envolvem também outras áreas da medicina.Confira algumas dicas que separamos para você ter uma melhor qualidade de vida.

1) Dedique um tempo para você fazer o que gosta

2) Alimente-se bem, evitando comidas gordurosas e álcool. 

3) Pratique atividade física 

4) Durma bem entre 7 a 8 horas ininterruptas 

5) Não deixe de fazer avaliações periódicas de saúde


Vamos começar
O tratamento?

Agendar consulta

Quer receber as novidade sobre a UIDi?
Cadastre-se

    Tire suas dúvidas
    (11) 5197-4020